• (31) 3296-4634
  • contato@institutocreditar.com.br
Treinamento prepara colegas para produzir o Relatório de Sustentabilidade
curso de elaboraçao de relatorio de sustentabilidade,

Representantes de todas as diretorias de Itaipu estiveram reunidos nesta terça e quarta-feira (24 e 25), no auditório do Treinamento, para participar do workshop “Elaboração de Relatórios de Sustentabilidade”, com o especialista mineiro Márcio Fernando dos Reis, da Creditar Contabilidade. Além de receberem informações sobre como são definidos os temas abordados no Relatório da Itaipu, os participantes também puderam conhecer melhor as diretrizes e o padrão da Global Reporting Initiative (GRI), seguidos pela binacional, e debater a importância de divulgar ao público determinadas informações sobre a empresa.


O consultor deu todos os detalhes sobre como fazer um bom relatório.

“O balanço social, ou relatório, é uma forma transparente de as empresas se apresentarem aos mais diversos públicos. Ele quebra a mística dos números e dados frios, porque coloca as informações de maneira clara, não apenas quantitativamente, mas também qualificando os dados”, explicou Márcio dos Reis, que é sócio do Instituto Creditar – Educação para Sustentabilidade, Consultor do Instituto Ethos e do Instituto Akatu.


Colegas de diversas áreas colaboraram, trazendo diferentes perspectivas.

O treinamento vai permitir que os colegas envolvidos na elaboração do Relatório de Sustentabilidade 2011 da Itaipu colaborem de forma mais ampla com a equipe que fará a redação do documento. “Antes, esse era chamado de grupo ‘pré-relator’. Agora, esses empregados são considerados pontos focais, pois, além de contribuírem com os dados de suas áreas, eles também terão uma visão mais ampla dos aspectos de sustentabilidade que permeiam toda a empresa e contribuirão de maneira muito mais efetiva”, explicou a assessora de Responsabilidade Social, Heloisa Covolan.


A capa do RS 2010 e a assessora Heloisa Covolan.

Cada detalhe da produção de um relatório social, desde o formato até os dados a serem apresentados, foi abordado. Ilustrando com o Relatório 2010 da Itaipu, o consultor discorreu a respeito de todos os indicadores propostos pelo pela organização GRI, na qual a Itaipu se baseia para criar seu relatório. São nove indicadores econômicos, 30 ambientais e 40 sociais – sendo que nem todos se aplicam à binacional.


Colegas quiseram entender algumas informações que encontraram no RS.

“Hoje em dia, as empresas têm que divulgar seus compromissos e ações socioambientais, e o relatório é uma forma completa e abrangente de fazer isso. Quanto mais os empregados estiverem envolvidos com esse processo, colaborando e querendo conhecer a empresa onde trabalham, mais completo e interessante será o relatório”, avaliou o consultor.


O objetivo é produzir relatórios completos e de qualidade para prestar contas aos públicos interessados.

Esta foi a terceira etapa do processo de elaboração do Relatório de Sustentabilidade 2011 da Itaipu. Os colegas e diferentes stakeholders já definiram a matriz de materialidade – os temas que terão maior destaque na edição – e as pesquisas sobre as informações e dados de cada área já foram encaminhadas. Clique aqui para conferir mais informações sobre o processo.

About author:

Deixe uma resposta

Arquivos

Comentários

    Categorias